Airsoft: funções de cada jogador e suas diferentes armas

Cada vez mais popular, o airsoft é um jogo que simula combates militares e operações policiais. Até um jogador se tornar um verdadeiro sniper airsoft ou DMR, é preciso praticar bastante para atingir a excelência de um fuzileiro naval. As bases do airsoft conta com divisão de equipes, com participantes distribuídos em times, e o objetivo é utilizar armas não-letais para aniquilar o rival ou atingir determinado objetivo.

É um fair play (diferente do paintball, a munição não tem tinta) e o jogador atingido deve  admitir o tiro para se retirar do jogo. O airsoft surgiu no Japão, na década de 70, mas foi em 2003 que surgiu o célebre fórum Airsoft Brasil. Desde então, o esporte conta com cada vez mais adeptos, principalmente após a regulamentação das armas de pressão e simuladores de armas de fogo. Assim, a prática se tornou mais segura, uma vez que adquiriu caráter desportivo.

Inicialmente restrito ao tiro ao alvo, o airsoft tomou diferentes formas ao longo do tempo, permitindo que homens e mulheres pudessem experimentar a adrenalina de simular games e até mesmo imitar heróis do cinema. Antes de se aventurar nessa atividade, saiba quais são as armas indicadas de acordo com a função do jogador.

Quem é você no campo de batalha?

Cada um tem uma função diferente no airsoft, e existe uma arma apropriada à cada posição ocupada. Saiba quais são elas:

Líder de equipe/Comandante

O líder estratégico da equipe guiará os demais no cumprimento da missão. Além de ser uma pessoa com inteligência e equilíbrio emocional, é preciso que o cabeça do time disponha de uma arma AEG, nas versões automática ou semiautomática.

Soldado de assalto

O soldado de assalto desempenha uma função muito importante no airsoft. Também conhecido como assault, corresponde à maioria da equipe e é a linha de frente, que dá os primeiros passos no combate e não teme o confronto. Para ocupar essa posição, é preciso ter agilidade e habilidade com equipamento. As armas mais recomendadas são rifles de assalto leve, como M4, AK47 e MP5.

Sniper Airsoft

Esta é a função que mais demanda concentração, paciência, astúcia e, claro, muita técnica. O sniper airsoft ocupa uma posição fixa e deve disparar com precisão e eficiência. Esta posição faz mapeamento do local, identificando a posição do “inimigo”. Além de dar cobertura, o sniper airsoft pode atacar a distância ou até mesmo despistar a equipe rival.

Os equipamentos mais indicados para o atirador de elite são armas de cano longo, como rifles CQB e submetralhadoras, além de acessórios como luneta e roupas de camuflagem. Pistolas elétricas, eficientes e silenciosas, também são indicadas para reagir a emboscadas. Vale lembrar que o sniper airsoft não pode atirar a menos de 30 metros de distância do alvo.

Grupo de apoio ou Suporte

Como o nome já diz, estes integrantes oferecem suporte para os demais avançarem no jogo, disparando contra a equipe rival. É o grupo de apoio que abre caminho para ação, e para esta função recomenda-se metralhadoras leves automáticas ou rifle AK MK43. O suporte não pode atirar numa distância menor do que 10 metros, respeitando distâncias de combate.

Atirador designado

O atirador designado ou Designated Marksman Rifle (DMR) é encarregado de jogar no meio do esquadrão, dando suporte e eliminando inimigos considerados fora do alcance dos soldados de assalto. Para assumir este posto, é preciso que a pessoa encarregada tenha experiência em airsoft e alta habilidade em atirar. As armas indicadas são rifles com DNA de DMR, armas mais longas como SR25, M110, M14, HK 41, entre outras. O DMR não pode realizar disparos em uma distância menor que 25 metros.

Independentemente da posição ocupada no airsoft, é fundamental que o participante compreenda sua função no jogo, e esteja equipado adequadamente para todo e qualquer tipo de missão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *